Pular para o conteúdo principal

Postagens

O futuro de HEROES após a greve

Com o fim da greve dos roteiristas, muitas séries nos EUA tiveram tempo de retomar a atual temporada, mas Heroes encerrou sua 2ª temporada em dezembro, depois de apenas 11 episódios, e foi só. Agora os fãs precisam esperar até setembro, quando começa a terceira temporada lá fora.O site SuperheroHype conversou com o ator Milo Ventimiglia, o Peter Petrelli do seriado, sobre o futuro dos heróis. Primeiro, Ventimiglia disse que a greve teve pelo menos um lado bom: "Eu tive a oportunidade de fazer três filmes neste período. Isso provavelmente não seria possível se a greve não tivesse acontecido. É aquele tipo de situação que traz coisas ruins e coisas boas".Sobre a série: "Acho que voltamos ao trabalho em maio. Tenho uma idéia do que vai acontecer com Peter. Tento sentar com Tim [Kring, co-criador da série] e entender para onde eles pensam conduzir o personagem, para que eu possa me preparar mental e fisicamente. Do jeito que a trama terminou [na 2ª temporada] ficamos com o …

CHAVES ajuda as crianças

Os cantores espanhóis Joan Manuel Serrat e Joaquín Sabina emprestaram suas mãos para fazer com elas impressões que serão leiloadas em benefício da Fundação Chespirito, de propriedade do ator mexicano Roberto Gómez Bolaños, 79, o famoso "Chaves", e que atuará em prol de crianças carentes. As impressões farão parte da centena de peças que, em junho, serão expostas na mostra "Damos uma mão" e que serão leiloadas a favor da fundação. No final de outubro, durante uma visita ao México dentro de sua turnê, Sabina e Serrat se submeteram a um processo acelerado de criação de um molde de suas mãos antes de um de seus shows. O dinheiro arrecadado no leilão beneficente será destinado a três projetos pela saúde, a educação e a integração familiar de crianças e jovens sem recursos. Em entrevista no México, o eterno "Chaves" afirmou que com a fundação espera dar às crianças de poucos recursos uma infância tão feliz como a que ele teve. "Tenho a experiência de uma in…

Grandes chances para SUPERNATURAL

A terceira temporada deSupernatural junto à audiência americana vai muito bem. Com isso, os fãs da série podem ficar animados em relação a uma quarta temporada das aventuras dos irmãos Winchester.

Os índices de audiência nos Estados Unidos desta nova fase da atração - o episódio exibido na quinta-feira passada teve público de 3,2 milhões de espectadores, o melhor do programa na temporada -, estão fazendo com que a série caia nas graças dos diretores do canal CW, como contou o colunista do TVGuideMichael Ausiello.

"Os executivos da emissora estão se sentindo bem positivos a respeito do futuro da série", comentou o jornalista - que, no entanto, enfatizou que a próxima temporada de Supernatural ainda não foi confirmada pelo canal.

Supernatural é exibida pela Warner Channel toda terça, às 22h.

Atriz de HEROES vira cantora

Hayden Panettiere, 18 anos, a líder de torcida Claire de Heroes, lançará seu primeiro trabalho como cantora no final do ano. A atriz contou à revista americana People que o disco vai mesclar pop, rock e R&B. "Eu tenho um gosto muito eclético para música. Amo rock, hip hop e pop. Eu adoro a Natasha Bedingfield e a (cantora e compositora) Anna Nalick", disse ela. Algumas músicas de Hayden, que estarão no disco, foram disponibilizadas no My Space da atriz. Try, Your New Girlfriend e I Still Believe são algumas delas. Além do projeto como cantora, Hayden estará na comédia adolescente Daydream Nation, cujas filmagens começam no fim do ano.

Mischa Barton não queria ser atriz

Famosa por ter atuado na série teen The O.C., onde interpretava a patricinha Marissa Cooper, Mischa Barton garantiu que ser atriz nunca foi exatamente uma prioridade em sua vida e que atuar era apenas um passatempo que acabou virando profissão.

Com apenas 22 anos, Mischa fez inúmeras participações em filmes e seriados, até chamar atenção com a personagem Marissa Cooper, par romântico do personagem principal de The O.C.. Até então, ela era desconhecida e fazia pequenas pontas, como no sucesso de bilheteria e público O Sexto Sentido.

Segundo contou ao MovieHole, atuar era uma diversão, além de uma forma de ganhar algum dinheiro. A atriz confessou que ficou surpresa ao ser escalada para a série, justamente por nunca ter feito esforço algum em seguir carreira no show business.

"Houve um breve momento na minha adolescência em que pensei em deixar de atuar, e eu não gostava tanto assim. Fui uma dessas crianças que almejava tentar outras coisas, outras carreiras, e ir para a faculda…