HOUSE bate recorde de audiência

Os executivos do canal Fox nos EUA devem estar comemorando até agora. A exibição do Super Bowl XLII deram os números que faltavam para colocar o canal definitivamente na história da TV americana. A exibição da grande final do futebol americano, neste domingo, dia 3, teve uma média de 97,5 milhões de telespectadores, a maior da história da competição.

A partida em o New York Giants e o New England Patriots entra para a história como a segunda transmissão mais assistida da história da TV, perdendo apenas para os 106 milhões alcançados pela exibição do final de M*A*S*H, em 1983. O somatório total de telespectadores também foi recorde: 148,3 milhões de telespectadores assistiram ao menos um pedacinho da partida, batendo o recorde anterior, que pertencia ao Super Bowl de 2004.

Esta audiência extraordinária foi usada pela Fox ainda para alavancar os números de House. O drama médico foi o escolhido pelo canal para ser exibido após o Super Bowl e conquistou em sua primeira meia hora de exibição um média de 29 milhões de telespectadores e 12,8 pontos de audiência entre o público de 18 a 49 anos. Foi a maior audiência de House na história. E, na amostra da preciosa audiência de 18 a 49 anos, esta foi a segunda maior audiência de uma série do canal Fox na história - perdendo apenas para um episódio de Arquivo X exibido em novembro de 1997.

A Fox encerra a semana com sete programas no Top 10 da TV americana - além de House e das transmissões do Super Bowl o canal ainda mantém o American Idol em sua grade de programação.

Desde o início da greve dos roteiristas, a Fox foi a única emissora a crescer em audiência entre o público de 18 a 49 anos. O salto foi de 17%. Os concorrentes ABC e NBC caíram 9% e a CBS, líder nos últimos anos, despencou 23%.

No Brasil a série House é exibida pelo Universal Channel e pela Record, onde recebeu o nome de Dr. House.